lideranças sindicais assinam manifesto em apoio ao ÍNDIO 50600

Lideranças classistas lançam manifesto em apoio à candidatura de Índio Vereador. No texto do manifesto destacam a necessidade de um Mandato na Câmara Municipal com forte conexão com os trabalhadores e trabalhadoras da cidade de São Paulo. Por isso indicam o voto de classe em Edson Carneiro Índio 50600 para vereador. Veja a seguir o texto do Manifesto na íntegra e as dezenas de lideranças que o assinam.

MANDATO SEM MEDO DE SER CLASSISTA – ÍNDIO 50600

A classe trabalhadora brasileira tem enfrentado uma conjuntura adversa, que se intensificou desde o golpe de 2016 com ataques à previdência social, à CLT, aos sindicatos e as empresas, empregos e serviços públicos. O capital financeiro, o neoliberalismo e o fascismo se unem para aprofundar a agenda privatista e antinacional. Além da crise sanitária produzida pela COVID-19, temos as crises política e econômica produzidas pelo governo de Bolsonaro, um presidente em luta permanente contra o próprio povo. 

O município de São Paulo é um dos palcos principais da disputa eleitoral deste ano e, portanto, cabe à classe trabalhadora se empenhar decididamente para alterar a correlação de forças e garantir a ampliação da resistência contra o fascismo na principal cidade do país. 

Por isso nos somamos à campanha de Edson Carneiro Índio para vereador em São Paulo. Por acreditarmos que neste momento, mais do que nunca, necessitamos de um MANDATO SEM MEDO DE SER CLASSISTA. Um mandato impulsionador da organização da classe trabalhadora e uma trincheira de defesa dos seus direitos.

Os interesses da classe trabalhadora são a base das nossas propostas.

Por isso, apresentamos 11 PROPOSTAS CLASSISTAS PARA A CIDADE DE SÃO PAULO. 

1. Renda Básica Municipal de R$ 600;

2. Criação de Frentes de Trabalho com bolsa de um salário-mínimo e garantias da CLT;

3. Passe livre para os desempregados;

4. Regularização do trabalho por aplicativos e luta pela ampliação de direitos trabalhistas;

5. Valorização, concurso e carreira para trabalhadores do serviço público municipal. Fim das OS;

6. Garantia do trabalho remoto (daqueles que não realizam serviços essenciais) para os servidores municipais durante a pandemia. Fornecimento de dispositivos e acesso à internet para os profissionais que realizam estas atividades;

7. Estatuto Municipal dos Trabalhadores e Trabalhadoras autônomos, garantindo o trabalho e o fim da repressão contra trabalhadores informais, como camelôs e ambulantes;

8.  Reforço à Economia Solidária, com alternativa de geração de renda e ampliação do acesso aos produtos da agricultura familiar;

9. Retomada das obras públicas para gerar emprego e melhorar a vida nas periferias; 

10. Fortalecimento do SUS 100% público e estatal através da contratação de profissionais de saúde, incluindo as equipes médicas, de enfermagem, dos serviços auxiliares e de agentes comunitários de saúde;

11. Diminuir para 30 dias o período de espera por vagas nas creches.

ASSINAM

• Renilson Gomes do Santos – Dirigente dos Químicos Unificados

• Elcio Martins Quinta – Dirigente Bancário

• Donizete Vicente Ribeiro – Servidor Público e Presidente licenciado do Servidores de Vinhedo

• Nilza Pereira de Almeida – Químicos Unificados Campinas e Osasco

• Fabiano Couto – Dirigente Bancário

• Ricardo Luiz Lima Saraiva Big – Secretário de Relações Internacionais da Intersindical

• Sammer Siman – Economista e ex membro da Direção Nacional da Intersindical 

• Sandra Vera Pelegrino – Professora

• Eneida Koury – Presidente licenciada Seeb Santos e Região

• João C. Novaes Luz – Educador – APEOESP ZL – SP

• Jorge Luis Martins – Advogado e ex Dirigente Sindical

• Aristides Daniel Ferreira Filho – Radiologista Aposentado e ex-Presidente Sintaresp

• Daniel Patti Júnior – Petroleiro – RPBC

• Roger Luis de Souza Gonçalves – Dirigente Bancário

• Marcelo Juvenal – Dirigente Sindpetro LP

• Nadia Gebara – Professora

• Onassis Matias Xavier – Presidente Sinpro Osasco e Região

• Salomão De Castro Farias – Dirigente Sinpro Osasco e Região

• Luiz Brigido – Dirigente do Sinpro Osasco e Região

• Renato Carlos – Dirigente Sinpro Osasco e Região

• José Renato Panzzobam – Dirigente Sinpro Osasco e Região

• José Augusto da Silva Filho (Guto) – Dirigente Bancário

• Rodrigo Correia Santana – Petroleiro RPBC

• André Zoletti Marinho – Petroleiro RPBC

• João Paulo da Silva – Dirigente Bancário Seeb/SP

• Célia Massako Kitayama – Dirigente Afubesp

• Shisuka Sameshima – Dirigente Afubesp

• Amélia Assis Andrade Santos – Dirgente Afubesp

• Maria Olivia de Araújo – Dirigente Afubesp

• Nadine Habert – Assessora Sindicato Químicos Unificados Osasco e Campinas

• Alexandre Caso – Dirigente Fetec/SP e Intersindical

• Antonio Carlos Cordeiro – Dirigente Seeb/SP e intersindical

• Bruno Scola – Dirigente Seeb/SP

• Edilson de Montrose de Aguiar Jr. – Dirgente Seeb/SP

• Francisvaldo Mendes de Souza – Dirigente Fetec/SP

• Givaldo Lucas – Dirigente Seeb/SP

• João Paulo da Silva – Dirigente Seeb SP e Intersindical

• Josivaldo da Costa Ximenes – Dirigente Seeb/SP

• Luís Carlos Costa – Dirigente Seeb/SP

• Manoel Elidio Rosa – Contraf e Intersindical

• Rogério Castro Sampaio – Dirigente Seeb/SP

• Sérgio Augusto Sobrinho – Dirigente Seeb/SP e Conselheiro Gestor no CRST-FO

• Valdecir Martins Teixeira – Dirigente Fetec/SP

• Vera Lúcia Marchioni – Dirigente Seeb/SP e Intersindical

• Wagner Cabanal – Seeb/SP

• Nelson Ezidio Rubião da Silva – Dirigente Seeb/SP

• Roberto Ângelo Moraes – Dirigente Seeb/SP

• Maurício Edélcio – Dirigente Fetec/SP

• Beatriz F. Amorim – Dirigente Seeb/SP

• Maria Selma do Nascimento – Dirigente Seeb/SP

• Luciana Nunes dos Santos – Dirigente Fetec/SP

• Adelmo Viana Gomes – Dirigente Sindical e Aposentado BB

• Paula Agliardi Britto – Frente Povo Sem Medo – Glicério

• Gregory Azevedo – Professor da Rede Estadual

• Paulo Iannone – Jornalista

• Alberto Ferreira Garcia Uruguaio – Espaço Mandacaru, Cultura e Resistência

• Beatriz de Paula Barros – Socióloga

• João Conrado Dias Fabbri – Brigadas Populares e Autônomos Unificados 

• Edelcio Colhado – Cipeiro Bancário

• Adriano Trindade – Jornalista

• Luiz Gustavo de Mesquita Soares – Jornalista

• Fernando Diegues – Jornalista

• John Kennedy Ferreira – Sociólogo -Professor UFMA

• Airton Pereira – Metroviário

• Pedro Otoni – Direção Nacional da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora

• Amauri Soares – Dirigente da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

• Carla Martins Oliveira – Professora da Rede Estadual do Paraná

• Davi Perez – Docente da UFT – Universidade Federal do Tocantins

• Diogo Pereto – Servidor da UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina

• Djeison Stein – Presidente do SindSaúde/SC

• Fabricio Lima Garcia – Dirigente do SindSaúde/SC, subsede Lages/SC

• Edileuza Garcia Fortuna – Dirigente do SindSaúde/SC e da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

• Édson Flores – Trabalhador da Petrobrás, lotado na Refap

• Edison Puente – Vice-presidente da Associação Cultural José Martí

• Enilda Mariano Stolf – Técnica de enfermagem e dirigente do SindSaúde/SC, subsede Joinville/SC;

• Elsa Rosso – Assistente social e dirigente do SINDSEPE/RS – Sindicato dos Servidores Públicos do RS

• Gabriel de Freitas Focking – Dirigente da ASSURGS – Sindicato dos técnicos-administrativos da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

• Gustavo Filipi Milis Cani – Advogado trabalhista

• Heloisa Helena Pereira – Dirigente da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

• José Vanderlei Feltrin – Servidor da UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

• Leandro Moraes Vidal – Dirigente da ASSIBGE/SC – Sindicato dos trabalhadores do IBGE e da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

• Mariane Quadros – Dirigente da ASSURGS – Sindicato dos técnicos-administrativos da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

• Nereu Sandro Espezim – Técnico de enfermagem e dirigente do SindSaúde/SC

• Ricardo Landal de Campos – Trabalhador da Petrobrás, lotado na Refap, e dirigente da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

• Rodrigo Fernandes Ribeiro – Docente da UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto

• Rossano Sczip – Professor da rede estadual do Paraná

• Samilla Ribeiro Batista – Enfermeira e dirigente do SindSaúde/SC

• Vivian Haviaras – Assistente social e dirigente do SindSaúde/SC

• José Rodolfo Pacheco Thiesen – oposicao da Adufg/Go

• Kelem Ghellere Rosso – Oposicao Sindiedutec/PR

• Maria Andreia Dias – Oposição APP -Sindicato/PR

ORGANIZAÇÕES APOIADORAS QUE SUBSCREVEM A CARTA

Partido da Refundação Comunistas – PRC

Polo Comunista Luiz Carlos Prestes – PCLCP

União Comunista Brasileira – UCB

Brigadas Populares – BPs

Unidade Popular e Sindical – UPS